As Melhores práticas para Criação de Sites

Com o passar dos dias a tecnologia se modifica e aperfeiçoa-se constantemente em uma fração de segundos. Novos profissionais e aspirantes a profissionais surgem no mercado, empresas oferecem cursos tecnólogos e específicos na área de web designer afim de monetizar-se, e nem sempre preocupados em fornecer a verdadeira essência de um trabalho de criação de sites.

Nós aqui cada vez mais, acompanhamos as redes sociais, frequentando grupos, fan pages, acompanhamos agências, disseminamos nosso conhecimento, aceitando críticas e elogios.

Sabendo-se disso nos mobilizamos a criar um novo artigo para divulgar o que pra nós da LevelNine são as melhores práticas para criação de sites .

O primeiro passo para criação de sites

Compreender a necessidade do cliente, lance chave para elaborar um ótimo trabalho e corresponder as expectativas de quem contrata o seu serviço seja você freelancer ou uma criação de sitesagência.

Analise minuciosamente o desejo do cliente, entenda a visão de quem está do outro lado, que nem sempre entende tanto de tecnologia como você.

Escreva, rascunhe, entre em contato se novamente se for preciso. Elabore uma reunião caso tenha necessidade, entenda o que significa a marca, o serviço ou produto que o cliente quer expor na rede.

Entendendo o mercado

Colhida as informações do cliente, o segundo passo para criação de sites é entender o mercado.

Estude a concorrência, execute uma análise detalhada do site concorrente, atente-se para os diferenciais, estude a fundo o mercado do cliente, observe que se por exemplo o cliente trabalha com logística e transporte estude esse mercado saiba o que realmente esse mercado faz e muito cuidado na hora da pesquisa, jamais coloque as INFORMAÇÕES ERRADAS no site do seu cliente.

Pesquise os diversos sites que os buscadores te fornecerão, colha o máximo de material que pode embasar o seu projeto, esta fase é mais de 50% do projeto.

Hora de desenhar

Utilizando ferramentas próprias para construir um layout atrativo e agradável como Photoshop e Fireworks por exemplo, chega a hora de por a mão na massa.desenhar

Com a cabeça e os papéis cheios de informações colhidas do contratante e das pesquisas efetuadas, coloque em prática todo o material absorvido para um bom trabalho de criação de sites.

Seja criativo, diferente e cuidado com os exageros, segue algumas dicas abaixo:

  • Fuja do mais do mesmo;
  • Modernize cada vez mais o seu desenho;
  • Não use tecnologias ultrapassadas como o Flash;
  • Combine cores;
  • Use fontes diferentes que sejam “Sans-Serif”, podendo até usar as fontes diretamente do Google (http://www.google.com/fonts/);
  • Preste muita atenção no local onde o Logotipo é inserido.
  • Não cole o texto na margem do site;
  • insira um conteúdo com fotos/imagens e textos na home, nunca um ou outro mas uma combinação dos dois;
  • Seja SIMÉTRICO.

Envie para aprovação, refaça se for preciso, o cliente sempre tem prioridade.

Gaste as pontas dos dedos

Desenho aprovado, chega a hora da criação do site, e cada um tem um gosto para desenvolver, uns usam o notepad++, outros usam o Dreamweaver e assim por diante. Independente da ferramenta que você use para passar o seu layout para XHTML + CSS ou então para HTML5 + CSS3 que ai vai depender do conhecimento de cada um, eu sugiro sempre que as classes e os comandos CSS sejam ESCRITOS. Digo isso pois o Dreamweaver por exemplo oferece meios de tudo ser feito via clique, criar o css no clique facilita para uns porém o aprendizado de fato e propriamente dito é quando se escreve, erra, apaga, refaz.

Nada melhor que escrever as suas classes e id’s e inserir suas propriedades manualmente, amanhã ou depois você pode cair em uma empresa ou ter a sua empresa e não ter a ferramenta que você tanto usou no passado.

Preste sempre atenção no recorte das imagens, uma imagem recortada errado gera retrabalho.

Procure usar um código limpo, separe o css do arquivo .html, evite usar quebra de linha(<br>) as propriedades margin e padding(em alguns casos) devem ser usados.

Teste sempre o site nos demais navegadores, nem todo mundo usa Chrome ou Firefox, infelizmente a maior parcela de usuários ainda usam internet Explorer, por isso faça os teste no IE 7,8,9 e 10.

 Rápida Curiosidade

Você sabe porque deve-se usar classes no CSS ao invés de ID ?

Simples, os id’s geralmente são utilizados para a manipulação com JavaScript,  AJAX e JQUERY.

 

curta noss fan page no facebook

By | 2013-07-30T16:28:57+00:00 julho 30th, 2013|Criação de Sites|0 Comments

Leave A Comment